5 de outubro de 2017

As Coisas Que Fazemos Por Amor - Kristin Hannah

Livro: As Coisas Que Fazemos Por Amor 
(The Things We Do for Love)
Autor (a): Kristin Hannah 
Número de Páginas: 352
Editora: Arqueiro.
Compre aqui.

Sinopse: Caçula de três irmãs, Angela DeSaria já tinha traçado sua vida desde pequena: escola, faculdade, casamento, maternidade. Porém, depois de anos tentando engravidar, o relacionamento com o marido não resistiu, soterrado pelo peso dos sonhos não realizados.
Após o divórcio, Angie volta a morar na sua cidade natal e retorna ao seio da família carinhosa e meio doida. Em West End, onde a vida vai e vem ao sabor das marés, ela conhece a garota que mudará a sua vida para sempre.
Lauren Ribido é uma adolescente estudiosa, bem-educada e trabalhadora. Apesar de morar em uma das áreas mais decadentes da cidade com a mãe alcoólatra e negligente, a menina sonha cursar uma boa faculdade e ter um futuro melhor.
Desde o primeiro momento, Angie enxerga em Lauren algo especial e, rapidamente, uma forte conexão se forma: uma mulher que deseja um filho, uma menina que anseia pelo amor materno. Porém, nada poderia preparar as duas para a repercussão do relacionamento delas. Numa reviravolta dramática, Angie e Lauren serão testadas de forma extrema e, juntas, embarcarão em uma jornada tocante em busca do verdadeiro significado de família.

RESENHA por Katielle Borba.


Oi, gente!

A resenha de hoje é de mais um livro incrível da Kristin Hannah. As Coisas que Fazemos Por Amor é publicação da Editora Arqueiro.

Sou fã assumida da Kristin, se desse eu leria até a lista de mercado dela, pois até isso deve ser emocionante. As histórias que ela cria são incríveis, reais e verdadeiras e só sinto amor ao falar delas aqui.

O livro conta a história de Angie DeSaria, caçula de três irmãs. Ela sempre foi a princesa do pai, mas não seguiu os passos das outras irmãs, que era trabalhar no restaurante da família. Angie foi embora da cidade natal, estudou, trabalhou e foi bem sucedida, mas mesmo assim ela tem muitos sonhos que não foram realizados. Os anos passaram, a frustração e a tristeza tomaram conta e uma das coisas mais certas que ela tinha na vida acabou, o casamento. Agora Angie está de volta a sua cidade, sozinha, mas cheia de amor que a família tem para dar, só que talvez nem isso seja o suficiente.

Do outro lado da história temos a Lauren, uma jovem de 17 anos que já foi muito castigada. Ela é esforçada, trabalhadora e o que mais queria é o amor e o cuidado da mãe, mas ao contrário disso é ela que tem que cuidar da mãe alcoólatra e negligente. Os caminhos de Lauren e Angie irão se cruzar e as vidas delas nunca mais serão as mesmas.

Gente, este livro é um soco no estômago! Uma trama tão real, verdadeira, dramática e cheia de sentimentos. A narrativa é envolvente e fluída; a história é contada de uma maneira sem igual, os personagens me conquistaram a cada página, eu só queria a felicidade e a alegria, mas ao invés disso fui absorvida por um drama de deixar qualquer coração apertado.

As histórias de Angie e Lauren se entrelaçam, elas se complementam. O que falta na vida de uma a outra tem de sobra e vice e versa. As duas passaram por muitas provações e apesar da diferença de idade elas tornam-se amigas inseparáveis, uma apoiando a outra.

As Coisas Que Fazemos Por Amor fala de compreensão e compaixão. A autora trata do amor que temos pelo próximo, da disposição para ajudar o mais necessitado. Lauren é a necessitada e Angie não se arrepende em nenhum momento por ajudá-la. A história vai tomando forma, a autora vai soltando aos poucos os acontecimentos e o final que era para ser o esperado não acontece, mas surpreende e leva as lágrimas.

O livro também fala muito de família. A de Angie é daquelas bem barulhentas e que dá palpites em tudo. Apesar de se sentir incomodada com algumas coisas que as irmãs falam ela se sente segura, feliz e amada. Ela sabe que aconteça o que acontecer a família sempre será o seu porto seguro.

Se você ainda não leu nenhum livro da Kristin saiba que está perdendo tempo. É impossível não ficar tocado e apaixonado pelos livros dela. Ela constrói personagens cheios de sentimentos, reais e que podemos enxergar dentro da alma. A autora trabalha muito com a intensidade das emoções e sentimos isso em cada linha do livro.

Está mais do que claro que recomendo a leitura. Livro lindo, emocionante e tocante. É um aprendizado para todos e que merece estar na nossa estante.

O amor pode nos ajudar passar por dificuldades.
Mas também pode ser o motivo dessas dificuldades.
- Você esta me perguntando como se vive com um coração partido – disse afinal.
- É. Acho que sim.
- Uma menina inteligente entrou na minha vida e me lembrou que existe alegria no mundo. Comecei a recordar as coisas boas. Percebi que meu pai tinha razão quando dizia: Isso também vai passar. A vida dá um jeito de seguir em frente, e a gente faz o melhor que pode para acompanhar o fluxo.  O coração partido se cura. Como qualquer ferimento, fica uma cicatriz, uma lembrança, porém esmaecida. De repente você percebe que passou uma hora sem pensar a respeito, depois um dia. Não sei se isso responde à sua pergunta...

Leitura recomendada.

Outras capas: 

   




Um comentário

  1. Katielle,

    adorei tua resenha, me deixou doido pra dissecar logo esse livro. Gosto muito do teu blog, sempre com boas sugestões de leitura.

    Um abraço, Dieison, do interior do Estado.

    ResponderExcluir