6 de novembro de 2017

Uma Duquesa Qualquer - Tessa Dare

Livro: Uma Duquesa Qualquer 
(Any Duchess Will Do)
Spindle Cove # 4
Autor (a): Tessa Dare
Editora: Gutenberg
Compre aqui.

Sinopse: O que fazer com um duque relutante em se casar? A Duquesa de Halford – e mãe de Griffin, o duque libertino, irresponsável, que deseja apenas os prazeres da vida – tem o plano perfeito. Na verdade, ela conhece o lugar perfeito… Spindle Cove.
No paraíso das jovens solteiras, a duquesa insiste para que o filho escolha uma dama. Qualquer uma. E ela a transformará na melhor duquesa de Londres. Griff, então, decide achar alguém que acabará com os planos e com a ideia maluca de forçá-lo a se casar… Ele escolhe a atendente da taverna Touro & Flor, Pauline Simms – que nunca sonhou com duques ou com casamento, mas sim com o dinheiro que possibilitaria uma mudança completa em sua vida e na vida da pobre irmã, Daniela.
O duque e a Srta. Simms estabelecem um acordo: a mãe de Griff tem uma semana para transformar a criada em uma duquesa perfeita, então Pauline deverá ser um desastre durante sete dias e, se tudo der certo (ou melhor, se tudo der completamente errado), receberá mil libras e poderá realizar o sonho de construir a própria biblioteca em Spindle Cove.
Em pouco tempo, porém, o duque é surpreendido ao conhecer Pauline e descobrir que a moça é muito mais do que uma simples atendente, e a atração entre os dois é inevitável. Mas em um mundo em que as classes sociais são o que realmente importa, vence a ambição ou o coração?

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, pessoal!

A resenha de hoje é do livro Uma Duquesa Qualquer da Tessa Dare e publicação da Editora Gutenberg. Este é o quarto livro da Série Spindle Cove e temos a história da Pauline Simms e do Griffin, o Duque de Halford.

A mãe de Griffin está desesperada para que ele case, porém isso é o que ele menos quer na vida. Como medida desesperada ela o sequestra e o leva para Spindle Cove, onde ele poderá escolher a mulher que se tornará a próxima duquesa. Spindle Cove é o pesadelo dos libertinos iguais a Griffin, lá moram mulheres bem nascidas que estão longe de todo glamour que a sociedade oferece. Chagando à taberna da cidade, o Touro & Flor, Griffin tem a oportunidade de escolher qualquer uma das moças ali presentes, mas como ele gosta de ir contra todos os desejos da mãe, escolhe a atendente Pauline. O arranjo dos dois não podia ser mais errado, mas será a coisa mais certa que acontecerá na vida deles.

Que livro incrível! Estou encantada e apaixonada pela história. Narrado em terceira pessoa Uma Duquesa Qualquer alterna entre os dois protagonistas. A história é leve, muito divertida e apaixonante. Como em todos os livros da Tessa, este também é de leitura rápida; a história é daquelas que aquecem os corações e nos faz ter um frio gostoso na barriga. A autora tem o dom de nos encantar com coisas simples, pequenos acontecimentos e ações, ela nos faz ficar apaixonados pelos seus personagens, torcer pelo final feliz e, talvez, querer viver uma história linda como a dos protagonistas.

Algo aconteceu no passado de Griffin, desde o início da leitura ele se mostra um homem fechado e taciturno. A aparência dele é muito bela, mas o seu semblante é de cansaço, é de um homem que já passou por muitas tristezas na vida. Pauline percebe isso logo que o conhece e o desejo de cuidá-lo e abraçá-lo tornam-se muito grandes. Ela sabe que isso é errado, que ele jamais ficaria com ela, mas como dizer não ao coração? Os dias passam e cada vez mais ela percebe que ele é um homem bom e generoso; claro que Griffin também tem um olhar flamejante, que a faz ficar corada em todos os lugares e isso só faz com que ele seja mais maravilhoso.

Como em todos os livros da Tessa este aqui também é permeado de cenas cômicas, acontecimentos que nos levam a gargalhadas. A mãe de Griffin contribui muito para isso e pela primeira vez me vi gostando de uma possível sogra; ela só quer o melhor para o filho e, mesmo dando aulas de etiqueta para Pauline, tornar-se a próxima duquesa, dá para perceber o carinho que tem pela moça.

A história também trata de muitas questões sociais da época e maior de todas é o fato da distância social entre Griffin e Pauline. Jamais alguém da alta sociedade aceitaria um casamento entre um duque e uma atendente de taverna e a nossa mocinha sofre muito com isso. Mas esse também não é todo o problema, Griffin guarda um segredo, algo que ele teve de passar sozinho e que até hoje não conseguiu esquecer ou superar.

Alguns personagens dos livros anteriores aparecem neste livro, adorei matar a saudade deles e até me deu vontade de reler as histórias. Se você não leu nenhum livro da série e quer ler este, pode fazê-lo sem problemas, não há grandes spoilers que vá prejudicar sua leitura.

Se eu amei o livro? SIM e também acho que já se tornou o meu favorito da série. Impossível não ficar apaixonada por personagens tão lindos e uma história encantadora. Uma Duquesa Qualquer é perfeito da primeira a última página.

– Da minha conta – ela completou por ele. – Eu sei. Você tem razão. Não é da minha conta, mas não pude deixar de perguntar. É muito estranho, Vossa Graça. Mesmo em meio a todos esses volumes velhos e mofados da biblioteca... eu acho que você é o livro mais difícil de ler desta sala. Assim que acho que consegui entendê-lo, você me deixa confusa outra vez.
– Eu já me vi. Esse é o problema.
– Não, não. – Ele maneou a cabeça. – Não em um espelho. Eu sei como os espelhos funcionam. Eles conspiram com as empresas de cosméticos e juntos só dizem mentiras para a mulher. Levam o olhar dela de uma falha imaginária a outra, até que tudo que ela consegue ver é uma constelação de imperfeições. Se você pudesse sair de dentro de si mesma e pegar meus olhos emprestados por apenas um instante... Só veria beleza. 

Leitura recomendada.

Spindle Cove:
04. Uma Duquesa Qualquer;
4,5. Lord Dashwood Missed Out;
05. Do You Want to Start a Scandal.

Outras capas:

   
 


2 comentários

  1. Oi Kati, que resenha linda <3 eu tava com saudade dos livros da Tessa e fiquei super feliz com essa publicação e apaixonada pela história, favoritei também com certeza :D Pauline é uma personagem excelente, daquelas que queremos fazer amizade rsr e eu não lembrava de Griffin no livro anterior, então fiquei feliz com participação do meu outro casal favorito pra me relembrar dele e feliz com ele, pois achei um personagem encantador, o segredo dele me despertou a vontade que a Pauline teve de abraçá-lo :) Amei a resenha e quero outros livros da Tessa logo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lili!
      Também estava com muita saudade. Tomara que publiquem outros livros dela aqui.
      Obrigada pelo carinho de sempre.
      Beijo.

      Excluir