2 de janeiro de 2018

Lady Whistledown Contra-Ataca - Julia Quinn, Mia Ryan, Karen Hawkins e Suzanne Enoch

Livro: Lady Whistledown Contra-Ataca
(Lady Whistledown Strikes Back)
Autoras: Julia Quinn, Mia Ryan, Karen Hawkins e Suzanne Enoch
Número de Páginas: 352
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Com a participação especial da famosa cronista da sociedade criada por Julia Quinn, Lady Whistledown Contra-Ataca é formado pelas narrativas curtas de quatro escritoras consagradas, tendo como fio condutor o roubo de uma pulseira milionária. Seus contos são como pérolas que se unem e formam uma peça de valor inestimável. 
Quem roubou o bracelete de lady Neeley?
Terá sido o caça-dotes? O apostador? A criada? Ou o libertino? Londres está fervendo com as especulações, mas, se ainda restam muitas dúvidas, pelo menos uma coisa é certa: um desses quatro está envolvido no crime.
Crônicas da sociedade de lady Whistledown, maio de 1816
Julia Quinn encanta...
Um belo caçador de fortunas foi enfeitiçado pela debutante mais desejada da temporada. Agora ele precisa provar que o que deseja é o coração da jovem, não o dote dela. 
Mia Ryan delicia...
Uma criada adorável e espirituosa está deslumbrada com as atenções românticas que tem recebido de um charmoso conde. Mas um relacionamento entre eles seria escandaloso e poderia arruinar a reputação dos dois.
Suzanne Enoch fascina...
Uma jovem inocente que passou a vida evitando escândalos de repente se vê secretamente cortejada pelo maior libertino de Londres.
Karen Hawkins seduz...
Um visconde que vaga sem destino volta para casa para reacender o fogo da paixão de seu casamento, mas descobre que sua linda e decidida esposa não será conquistada tão facilmente.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Olá, como vão?

A resenha de hoje é de Lady Whistledown Contra-Ataca, escrito por quatro autoras maravilhosas, que nos presenteiam com seus contos de romance muito envolventes e cheios de boas risadas.

Tudo começa na casa de Lady Neeley, famosa por seus excelentes jantares. O que a senhora mais deseja nesta bela noite é que possa mostrar a todos sua mais nova joia, uma bela pulseira de rubis. Acontece que, depois dos ataques de seu papagaio temperamental, quando todos estão acomodados e desfrutando do que esperam ser um maravilhoso jantar, a valiosa peça some diante dos olhos de todos.

Lady Neeley é uma mulher extravagante, que possui um pássaro que atormenta seus convidados. Todos têm agora mais um motivo para querer sair dali rapidamente, mas agora “quase todos” são suspeitos do roubo que tornou-se o mais novo escândalo da sociedade londrina. A cidade agora é só especulações, movida grandemente por Lady Whistledown (velha conhecida de quem leu a série Bridgertons…). Quem será o ladrão? Nestes quatro contos entrelaçados, chegamos mais perto da resposta.

Julia Quinn abre os trabalhos com uma bela história sobre um rapaz caça-dotes, regresso da guerra, apaixonado mas totalmente falido. Peter é bastante orgulhoso, mas encontrou Tillie, uma moça forte capaz de tudo para viver seu amor.

A sequência é de Mia Ryan, que conta a história da dama de companhia de Lady Neeley e, como ela sabe melhor que ninguém fazer uma festa, é ela quem vai ajudar o contrariado Anthony a preparar um baile para encontrar uma esposa adequada. Já imaginam no que isso vai dar, não?

O terceiro conto segue com o embaraço todo de quem será o ladrão inescrupuloso, onde Suzanne Enoch envolve-nos com um libertino e uma jovem inocente. A diversão é garantida quando Xavier tenta a todo custo impressionar os pais de Lady Charlotte. Essa dupla não mediu esforços para conseguir o que queria.

Karen Hawkins finalizou a história, com um conto um pouquinho mais longo que os anteriores, mas contou-nos o desfecho do mistério do roubo. O casal Max e Sophia foram casados e felizes, mas estão separados por um grande engano. Depois de doze anos Max está de volta e tenta reconquistar sua amada Sophia, entre janelas quebradas e muitos beijos quentes. Conseguirão reatar seu casamento apesar das mágoas, das fofocas e da acusação de roubo?

Eu adorei a leitura. Já tive uma experiência com esse tipo de escrita da Julia Quinn e fiquei muito satisfeita. A forma como a história é contada deixa a leitura fluída e dinâmica, onde notamos a diferença que cada autora dá ao seu modo de contar a história completa. Os personagens são ótimos, envolventes e ajudam a termos uma leitura rápida e agradável. Temos figuras dramáticas, românticas, apostadoras, cretinas…, mas todas muito envolventes e adoráveis.

É um livro sem grandes reviravoltas, mas que possui um mistério que nos leva até a última página, com muita risada e peraltice.

Excelente dica de leitura para quem adora romances de época e, principalmente, é fã de Julia Quinn.

Leia, divirta-se. Até a próxima ;)

Outras capas:

 


3 comentários

  1. E começamos o ano com uma resenha de um ótimo livro <3
    Eu curti essa leitura Lu, amei a forma como os personagens passeavam uns pelas histórias do outro e só não gostei mais pois quando eu estava super envolvida na história ela acabava :/ rsrs, o mal dos contos, terminam rápido demais e nos deixam com aquele gostinho de quero mais. Ótima resenha :)

    P.S: Ano novo e eu tenho que desejar tudo de bom pra vocês e sucesso pro blog, o de vocês é um dos que mais gosto de acompanhar, vocês são lindas e as resenhas maravilhosas. <3 :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A resenha é da Lu, mas estou aqui para agradecer Lili.
      Muito obrigada pelo carinho de sempre.
      Beijo.

      Excluir
    2. Lili, querida, o livro dispensa muitos comentários, somos fã de tudo o que essa autora escreve e eu gostei ainda mais dessa dinâmica divertida e diferente. Que bom poder contar contigo em 2018, que seu ano seja o melhor! Que sejam grandes as realizações e muitos os livros maravilhosos. Muitos beijinhos e desejos de felicidades. <3

      Excluir