11 de abril de 2018

Rio Vermelho - Amy Lloyd

Livro: Rio Vermelho
(The Innocent Wife) 
Autor (a): Amy Lloyd
Número de Páginas: 276
Editora: Faro 
Compre aqui.

Sinopse: Você acredita nele... então porque está com tanto medo?
Uma combinação perfeita de A Sangue Frio e Making a Murder! Como confrontar quem você ama quando você não tem certeza se quer saber a verdade? 
Há vinte anos, Dennis Danson foi preso pelo assassinato brutal de uma jovem no condado de Red River, na Flórida. Agora ele é o assunto de um documentário sobre crimes reais que está lançando um frenesi online para descobrir a verdade e libertar um homem que foi condenado erroneamente. A mil milhas de distância na Inglaterra, Samantha está obcecado com o caso de Dennis. Ela troca cartas com ele e é rapidamente conquistada por seu aparente charme e bondade para ela. Logo ela deixou sua velha vida para se casar com ele e fazer campanha para sua libertação. Mas quando a campanha é bem sucedida e Dennis é libertado, Sam começa a descobrir novos detalhes que sugerem que ele pode não ser tão inocente...

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é do livro Rio Vermelho da autora Amy Lloyd e publicação da Faro Editorial. Rio Vermelho foi o vencedor do Daily Mail e ganhou um prêmio na França como melhor suspende estrangeiro de 2017. Além disso já entrou na lista dos mais vendidos no Brasil. ❤

Quando foi anunciado este lançamento fiquei muito curiosa, gosto de um bom suspense e só olhar a capa de Rio Vermelho foi o bastante para querer inciar a leitura.

A trama gira em torno de Samantha e Dennis. Há vinte anos ele foi preso pelo assassinato de uma jovem, o crime foi brutal e a sociedade não esqueceu, mas do outro lado existiam pessoas que o defendiam, que não acreditavam que um garoto de 18 anos fosse capaz de um crime tão horrendo. Os anos passaram, mas as teorias sobre o que aconteceu na época não. Então, agora, um documentário está sendo produzido e isso fará com que o processo seja revisto, que novas testemunhas deem o seu relato e se descobrirá que um homem, Dennis, foi condenado erroneamente.

Antes disso tudo acontecer temos a Samantha, ela é fissurada no caso do Dennis e depois de muito relutar passa a se corresponder com ele na prisão. O relacionamento dos dois é esquisito, afinal, quem quer ter algo com um homem acusado de assassinato? Só que não é isso que Samantha pensa, ela acredita em Dennis e participará do movimento para provar que ele é inocente. Quando Dennis é solto, os dois passam a viver juntos, mas será que Samantha pode realmente confiar no homem que escolheu para amar?

Nada do que contei nos parágrafos acima é spoiler, está tudo na sinopse.

Rio Vermelho me incitou desde o primeiro capítulo. Logo que comecei o prólogo senti uma certa tensão no ar e isso só aumentou conforme as páginas passavam. O suspense vai crescendo conforme lemos e é impossível desgrudar da leitura. Li o livro em uma única tarde, pois eu necessitava saber o que realmente estava acontecendo na história.

A autora vai construindo tudo gradativamente, a cada página temos novos elementos e o fato de um dos personagens estar produzindo um documentário me deixou mais ansiosa ainda. Achei que esse ponto deu uma dinâmica muito boa na história, pois através disso e de alguns trechos do primeiro julgamento de Dennis, podemos ter uma visão ampla de todo o caso, mas isso também não quer dizer que tudo que estamos lendo seja realmente verdadeiro, sempre existe algo que pode ser manipulado.

O que me deixou realmente estressada com a história foi a Samantha; até agora não consigo acreditar que alguém possa se apaixonar por um possível criminoso e ainda ir morar com ele. Em muitos momentos eu queria pegar na mão dela e dizer: amiga, foge! No desenrolar da história ela fica estressada e me deixou de igual maneira, pois Rio Vermelho parece realmente um filme de suspense. Em algumas cenas consegui escutar uma música no fundo do meu cérebro igual como vemos nos filmes, e aí, eu sabia que logo iria ter alguma cena que me deixaria muito nervosa.

Não vou dizer aqui que gostei de tudo que li, pois não foi bem assim. Desde que a história em torno de Dennis começou a ser construída o meu cérebro já foi articulando o que realmente poderia ter acontecido e acertei. Minha humilde opinião é que o final deixou um pouco a desejar, pela construção do suspense e por tudo que aconteceu durante a trama, eu esperava mais do desfecho dos personagens.

Nem preciso dizer o quanto a edição da Faro está perfeita. Mais uma vez eles arrasaram tanto na capa quanto na diagramação. É prazeroso poder ter em mãos um livro tão bem feito.

Se você gosta de um suspense de arrepiar, leia Rio Vermelho.

Leitura recomendada.

Outras capas:


2 comentários

  1. Eu adoro suspense e fiquei muito interessada por esse livro desde que foi anunciado o lançamento! Bom saber que a história é realmente boa mesmo não tendo um desfecho tão bom assim.. rs

    beijos
    https://atrasadaparaocha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tielle!
      Espero que você leia e goste.
      Beijo.

      Excluir