2 de julho de 2018

A Casa de Verão - Jude Deveraux

Livro: A Casa de Verão 
(The Summerhouse)
Autor (a): Jude Deveraux
Número de Páginas: 346
Editora: Bertrand Portugal

Sinopse: Alguma vez quiseste mudar o passado?
Três melhores amigas estão prestes a fazer quarenta anos, todas no mesmo dia. Decidem assinalar o aniversário juntas numa casa de verão no Maine, a conversarem sobre a vida e o amor, os seus desejos e escolhas. Mas nenhuma delas poderia adivinhar o que as espera: a oportunidade de tornar o «como podia ter sido» em realidade.
Leslie, Madison e Ellie conheceram-se dezanove anos antes, no mais improvável dos lugares: na fila do departamento de Viação de Nova Iorque. Desde esse dia memorável em que as três faziam vinte e um anos, tornaram-se um trio de amigas íntimas. Agora que se reúnem para o quadragésimo aniversário, cada uma recebe um estranho cartão de «Madame Zoya», que lhes oferece a oportunidade de uma vida: reviver três meses do passado à escolha de cada uma…

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Olá, como estão?

A resenha de hoje é de um lançamento cá em Portugal, pela Editora Bertrand e escrito pela conhecidíssima Jude Deveraux.

A Casa de Verão conta a história de três mulheres e o que passou em suas vidas. Tudo começa quando elas ainda são bem jovens e lindas, mas o tempo passou e cada uma delas passou por muitas coisas diferentes, a vida tomou um rumo totalmente impensado para cada uma delas.

Leslie, Madison e Ellie conheceram-se dezenove anos antes, no dia memorável em que faziam vinte e um anos e a ligação entre elas foi instantânea. Tornaram-se um trio de amigas queridas, mas que nunca mais se viram. Cada uma seguiu com sua vida e suas decepções. Uma ficou muito famosa e triste, outra não passa de uma simples dona de casa desiludida com o marido e a mais bela de todas é hoje uma mulher triste e marcada pela vida, que fuma um cigarro atrás do outro.

Mas agora, ao completarem quarenta anos, elas decidem que é a hora de se verem novamente e colocarem as fofocas em dia. Assim, elas viajam para uma casa de verão no Maine e lá descobrem que uma é mais irreconhecível que a outra. Então, entre uma lembrança e outra, entre uma narrativa triste e mais outra, elas recebem um cartão de Madame Zoya, que lhes oferece uma oportunidade única: reviver o passado à escolha de cada uma e ter a chance de mudar a vida para sempre.

As três amigas unem-se então na inacreditável possibilidade de mudar suas vidas e tornar aquilo que poderia ter sido, em algo real.

A pergunta que não cala é: alguma vez quiseste mudar o passado? E assim esse livro nos é apresentado. Sofremos com a vida que cada uma delas leva, com as agruras e possibilidades impedidas pelas más escolhas, mas também nos deliciamos com um final lindo e cheio do amor, que muito lhes faltou.

Eu adorei as nuances e reviravoltas do livro. Entre passagens no tempo, conflitos e traumas (que por vezes não são muito leves), encontrei uma história mega envolvente e poderosa. Esse é o tipo de enredo que nos faz, muitas vezes, parar e pensar em como é que a autora teve essa ideia, ou então como é que ela fez para achar tal solução.

As personagens principais são fabulosas, mas os secundários são tão interessantes quanto elas. Adorei muitos, odiei outros, mas não posso deixar de dizer que a descrição das cenas e dos lugares é também perfeita.

Ainda não me decepcionei com nenhum livro que li dessa autora, que aprendi a amar depois de vir pra Portugal. Espero poder ler todos os seus livros, Jude Deveraux é uma diva no meu coração.

Indico com alegria para quem adora romances completos, reais e maravilhosos, mas com uma pitada de sobrenatural e passagens no tempo.

Beijinho e até a próxima!

Série:
01. A CAsa de Verão;
02. Return to Summerhouse;
03. As You Wish.

Outras capas: 

  



Um comentário

  1. Essa autora parece gostar desse toque sobrenatural né Lu, e nesse livro isso parece ter funcionado bem. Eu com certeza já tive momentos de desejar retornar e fazer diferente algumas coisas e achei essa ideia bem interessante. Fiquei curiosa pra ver como ela desenrola essa história e feliz por saber que até mesmo os personagens secundários são fascinantes ;)

    Ótima resenha Lu, me empolgou :D

    ResponderExcluir