[RESENHA] Minha Adorável Esposa de Samantha Downing

Skoob
Livro: Minha Adorável Esposa
(My Lovely Wife)
Autor (a): Samantha Downing
Número de Páginas: 384
Editora: Dublinense/TAG

Sinopse: Um casamento sólido de quinze anos, do qual nasceram dois belos filhos. Uma boa casa e empregos estáveis.
Poderia ser a descrição de milhares de casais norte-americanos; a não ser por um detalhe: esses dois matam pessoas. É assim que eles mantêm acesa a chama da atração: com noites românticas para escolher as vítimas como em um cardápio de um restaurante. Cada prato tem temperos especiais para despistar a polícia e a imprensa. E, por melhor que seja a refeição, eles sempre vão querer mais.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é do livro Minha Adorável Esposa da autora Samantha Downing. A editora é a Dublinense e a minha edição é especial da TAG Inéditos.

Millicent e Tobias (se é que esse é o nome dele) são casados há quinze anos. Moram numa boa região e têm dois filhos adolescentes. A vida deles parece normal aos olhos dos outros, mas essa não é a realidade. Digamos que o hobby do casal é matar pessoas, melhor, matar mulheres. Em determinadas noites, as noites românticas, eles escolhem as suas presas e assim os dois passam a trabalhar em perfeita sincronia até o dia da morte da vítima.

O sistema do casal funciona muito bem; eles escolhem a mulher pela internet, Tobias é o encarregado de observar e atraí-la e Millicent é a responsável pelo cárcere e pela tortura. Mas essa história tem um “mas” e isso acontece no dia em que a polícia encontra o corpo de uma das mulheres. Tobias acreditava que a moça já estava morta há um ano, mas a polícia afirma que não. Tobias começa a se questionar se Millicent está contando tudo para ele, se ela também esconde segredos, porque ele esconde alguns. A partir daí a história do casal começa a se desenvolver.

Minha Adorável Esposa foi uma grata surpresa. Quando a TAG anunciou o envio, fique bem animada. O livro começa bem despretensioso e eu não estava conseguindo assimilar qual seria o grande mistério e se tinha algum. A primeira metade da história não é muito fluída, mas assim que passei dos 50% a história voou.

A narrativa do livro é feita pelo Tobias e parece tudo tão normal aos olhos dele que eu também já estava tendo a sensação de normalidade. Para o casal parece mais uma coisa corriqueira matar e torturar alguém. É muito louco ler sobre a vida normal deles, de como cuidam dos filhos e precisam resolver problemas domésticos e mesmo assim ninguém diria que eles fazem o que fazem.

Eles tramam os acontecimentos de maneira meticulosa e vão usando das pessoas próximas para obter informações. Tobias brinca com a mídia que está relatando os crimes e ele tem um prazer perverso em saber que ele próprio está por trás de tudo. Tobias até gosta de assistir o jornal à noite e ver como as autoridades não fazem ideia do que está acontecendo.

Mas ainda sim, tudo que era para ser adorável, não é. Em algum momento da vida do casal as coisas saem do prumo e logo toda a família, inclusive as crianças, está envolvida nos acontecimentos. Por mais que Tobias e Millicent tentem deixar tudo fora de casa, as crianças são afetadas e eles não sabem como lidar com isso. Alguns segredos começam a vir à tona e logo ninguém confia em ninguém.

Os últimos capítulos desse livro são incríveis. Como eu disse anteriormente, não sabia o que de fato seria a grande interrogação da história, mas quando as cartas foram colocadas na mesa e os segredos foram revelados, foi incrível. Alguém achando que estava em vantagem, mas no final de tudo só descobriu que também foi enganado/enganada.

Não sei quando esse livro chegará às livrarias, mas espero que logo. Pretendo adquirir a edição nova, afinal, adorei a história.

Os direitos de Minha Adorável Esposa foram adquiridos pela Amazon em parceria com a produtora da Nicole Kidman. Ainda não se tem informações da produção.

Leitura recomendada.

Outras capas:


Nenhum comentário