[RESENHA] A Noiva do Capitão de Tessa Dare


Livro: A Noiva do Capitão
(When a Scot Ties the Knot)
Castles Ever After #3
Autor (a): Tessa Dare
Número de Páginas: 256
Editora: Gutenberg
Compre aqui.

Sinopse: Madeline possui muitas habilidades preciosas: é uma excelente desenhista, escreve cartas como ninguém e tem uma criatividade fora do comum. Mas se tem algo em que ela nunca consegue obter sucesso, por mais que tente, é em se sentir confortável quando está cercada por muitas pessoas… Chega a lhe faltar o ar!
Um baile para ser apresentada à Sociedade é o sonho de muitas garotas em idade para casar, mas é o pesadelo de Maddie. E, para escapar dessa obrigação, a jovem cria um suposto noivo: um capitão escocês. Ela coloca todo o seu amor em cartas destinadas ao querido – e imaginário – Capitão Logan MacKenzie e convence toda a sua família de que estão profunda e verdadeiramente apaixonados.
Maddie só não imaginava que o Capitão “MacFajuto” iria aparecer à sua porta, mais lindo do que ela descrevia em suas cartas apaixonadas e pronto para cobrar tudo o que ela lhe prometeu.

RESENHA por Lili Aragão.

E o terceiro livro da série Castles Ever After escrito pela Tessa Dare e publicado pela editora Gutenberg no Brasil chama-se A Noiva do Capitão, e a resenha de hoje é sobre ele.

Madeline Eloise Gracechurch tinha verdadeiro pânico de multidões aos 16 anos, independente de estar no mercado, em um teatro ou num salão de baile, ela congelava. E assim, em sua primeira temporada na sociedade ela inventou uma pequena mentira para impedir que sua jovem e entusiasmada madrasta lhe arrumasse pretendentes e a convencesse a participar ativamente dos eventos. Ela criou o capitão Logan Mackenzie, um escocês e oficial do exército que ela teria conhecido ao passar um tempo em Brighton e começado um relacionamento.

Eu sou Madeline Eloise Gracechurch. A maior pateta a respirar o ar da Inglaterra. Receio que essa notícia vá ser um choque, mas você se apaixonou perdidamente por mim quando nós não nos conhecemos em Brighton.
E agora estamos noivos.

Tendo sido deixada em paz pela família ela enviava cartas endereçadas a Logan para manter a mentira. Foram quase cinco anos de correspondência e o que começou como uma brincadeira acabou ficando sério, pois ela que usava as cartas como uma válvula de escape, um diário. Mas chegou um momento que ela teve que encerrar o caso, e assim, ela disse para a família que Logan havia morrido.

Realmente desolada, ela ficou de luto por ele, chegando a vestir preto por um ano. Maddie tinha como maior apoiadora de seu “romance” sua tia Thea, que chegou a convencer o padrinho da moça, o Conde de Lynforth, a lhe deixar um castelo nas terras altas em seu testamento, para que a afilhada pudesse ficar mais perto do lar do seu amado.

Atualmente e quase uma década depois da primeira carta, Maddie estabeleceu residência no castelo Lannair junto com a tia, tem uma renda e um trabalho que gosta, ela está feliz, e fica muito surpreendida quando recebe a visita do capitão Logan Mackenzie real.

Nessa história Tessa Dare emprega uma fórmula conhecida, mas que encanta e esse é mais um livro favorito que tenho a alegria de possuir. Logan e Maddie são cativantes, ousados e o romance entre eles é incendiário.

Maddie nunca imaginou que sua criação iria aparecer a sua porta e reivindicar promessas que ela fez a ele por cartas. Logan e seus homens foram à guerra pela Inglaterra com promessas de que voltariam para seu lar e suas famílias. Mas ao retornarem, eles descobriram que não tinham mais lar ou família. As cartas de Maddie acabam se tornando a única chance que Logan tem de devolver um pouco do que seus homens perderam e permitir que eles reconstruam sua vida. Para isso, ele planeja casar-se com Maddie.

Ele estava deitado na cama, com a camisa aberta no pescoço revelando uma parte de seu peito. A testa estava ligeiramente franzida pela concentração, e aqueles óculos estavam equilibrados na ponte do nariz. Um braço musculoso estava flexionado e apoiava a cabeça. Na outra mão, ele segurava... Que o diabo o levasse e os anjos ajudassem... Um livro. Não qualquer livro, mas um grosso, encadernado em couro verde-escuro. E ele estava lendo aquela coisa.

O relacionamento deles deveria ser um sonho que se tornou realidade, mas o Logan real tem uma personalidade forte e objetivos que se chocam com o que ela deseja, ainda assim, Maddie descobre nele um homem extremamente nobre e bom amigo. E mesmo não querendo acaba se apaixonando por ele.

Ela é uma excêntrica intelectual e ele um capitão do exército. O romance é tão lindo que só poderia ter sido inventado, afinal, não é sempre que enviamos cartas sem destinatário certo e conhecemos um alto e belo escocês que usa Kilt. A combinação entre eles não poderia ser mais perfeita.

A noiva do capitão é um dos melhores livros da Tessa que li, desses que elevam o astral com uma trama ágil, divertida, sensual e apaixonante. Daqueles que vamos ler, reler e recomendar a todos os amigos.  Sempre acho difícil falar de um livro quando gosto muito, mas espero que aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de ler, possam ler e se encantar também. ❤😁

- Eu vou estar morto no meu túmulo antes que pare de lutar por você, Madeline. Mesmo assim, vou mover sete palmos de terra para encontrar um modo.
Oh! Acalme-se, coração.

Série:
03. A Noiva do Capitão;

Outras capas:


  

2 comentários

  1. Já li e adorei! A relação entre a Maddie e o capitão é linda, apesar do início conflituoso. Ri às gargalhadas com os episódios que envolviam a lagosta Flufy, mas confesso que o meu livro preferido da série é o segundo...
    Mundo da Fantasia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sónia, essa série é maravilhosa né?! E Tessa sempre nos diverte <3
      O segundo também é ótimo :D

      Excluir