13 de novembro de 2017

Cretino Abusado - Penelope Ward e Vi Keeland

Skoob
Livro: Cretino Abusado 
(Cocky Bastard #1)
Autores (as): Penelope Ward e Vi Keeland
Número de Páginas: 272
Editora: Planeta
Compre aqui.

Sinopse: Após ser traída pelo ex-namorado – chefe da firma de advocacia em que trabalhava – Aubrey decide que precisa de um recomeço. Deixa tudo para trás e aceita um emprego em uma startup na Califórnia, Estados Unidos, e parte em uma viagem de carro que mudará toda a sua vida.
Em uma parada na estrada, Aubrey conhece Chance, um homem atraente que viajava de moto. Com o corpo perfeito e sotaque australiano, o ex-jogador de futebol era bem convencido e arrogante. Quando sua moto quebra, Chance precisa da ajuda de Aubrey. Ele promete levá-la em segurança até seu destino em troca de uma carona, e os dois decidem seguir viagem juntos.
Aubrey está traumatizada após seu último relacionamento, mas sente uma atração incontrolável por aquele cretino abusado. Apesar da ligação cada vez mais forte entre os dois, Chance guarda um segredo que poderá separá-los para sempre.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é do livro Cretino Abusado das autoras Penelope Ward e Vi Keeland, a publicação é da Editora Planeta.

O livro conta a história da Aubrey e do Chance, e que coisa mais linda❤. Os dois se conheceram por acaso, ela está com toda sua vida em um carro, viajando para recomeçar, no caminho conhece um cara muito abusado; ele é gostoso, bonito e dirige uma moto. Quis o destino que eles viajassem juntos e, depois de um acordo, é isso que acontece. Os dias são maravilhosos e cheios de aventuras. Aubrey sabe que não pode sentir mais do que amizade por ele, mas isso não será possível. O problema é que Chance guarda um segredo imenso e isso poderá separá-los para sempre.

Como eu adorei este livro! História divertida, envolvente e viciante. Narrado em primeira pessoa o livro alterna entre os dois protagonistas. Ele é dividido em duas partes, a primeira narrada pela Aubrey e a segunda pelo Chance. A trama poderia seguir uma linha como qualquer outra, encontros, brigas, alguns segredos e um final feliz, mas encontrei mais do que isso aqui. Quando o livro deu sua grande virada me vi surpresa pelo grande segredo do Chance, em nenhum momento passou pela minha cabeça os acontecimentos que se sucederam e aí percebi que ele teria que trabalhar muito para conquistar de vez o coração da Aubrey. Algumas coisas são difíceis de aceitar e a falta de confiança é uma delas.

Apesar de ter esse pequeno drama durante a narrativa, o bom-humor e as situações inusitadas acompanham toda a história. É difícil não se divertir e gargalhar com alguns acontecimentos. Este livro tem todos os elementos que nos faz suspirar apaixonadamente: um homem bom e bonito, uma mulher apaixonada, mas que não é nenhum pouco boba, um animal de estimação bem estranho, cenas hot na medida certa e uma trama apaixonante.

Eu adoro essas autoras e ler algo que as duas escreveram é incrível; dá para perceber a personalidade de cada uma durante a narrativa e estou mais do que feliz em ter os livros delas publicados aqui.

Enfim, adorei a história. Indico para quem gosta de tramas divertidas, quentes e cheias de amor. Se você não leu nada da Penelope e da Vi, pode começar por este livro, tenho certeza que a diversão e satisfação estarão garantidas.

Minha cabeça estava tentando lidar com o fato que ele tinha deixado implícito que essa viagem era o máximo que teríamos. De um jeito típico, sempre que Chance me dava um pouco de esperança de que algo estava rolando entre nós, ele a arruinava em seguida.

Leitura recomendada.

Cocky Bastard:
01. Cretino Abusado;
02. Stuck-up Suit;
03. Playboy Pilot;
04. Mister Moneybags.

Outras capas:

   




Um comentário

  1. Oi Kati, primeiro parei nessa capa, que linda haha <3 Tb fico feliz por ver os livros dessas autoras por aqui, li o que a Charme trouxe (tb com uma capa linda :D) e curti bastante e pelo que li na resenha esse segue a mesma linha, uma romance apaixonante com um pouco de drama, só espero que esse drama não seja como no livro anterior que até ganhou voz kkkk (não gostei tanto assim dessa parte, mas valeu a pena). Ótima resenha, quero sim ler :D

    ResponderExcluir