5 de junho de 2018

A Lady Improvável - Valerie Bowman

Livro: A Lady Improvável 
(The Unlikely Lady #3)
Playful Brides #3
Autor (a): Valerie Bowman
Número de Páginas: 304
Editora: Top Seller

Sinopse: Um romance intenso e cativante com personagens absolutamente irresistíveis.
Jane Lowndes é uma jovem solteira de 26 anos que adora ler e que sonha em passar o resto dos seus dias a estudar, a lutar pelos direitos das mulheres e a frequentar salões intelectuais. Contudo, a sua mãe tenta insistentemente convencê-la a casar e a participar em eventos sociais.
Lorde Garrett Upton é um solteirão despreocupado que sobreviveu à guerra e regressou a Londres com o intuito de aproveitar ao máximo a vida. Tal como Jane, não tem qualquer intenção de se casar.
Ambos se conhecem há vários anos, mas não se toleram, estando constantemente a discutir e a provocarem-se. Só que um dia, num baile de máscaras, beijam-se, sem saberem a identidade um do outro. Quando o descobrem, tudo começa a mudar entre eles.
Conseguirá o desejo que sentem um pelo outro superar o sonho de permanecerem independentes e descomprometidos?

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Olá, tudo bem aí?

A resenha que trago hoje é de mais um lançamento cá em Portugal, escrito por Valerie Bowman e publicado pela Top Seller. A Lady Improvável é um livro excelente e que me fez, mais uma vez, querer ler tudo dessa autora.

Eu já resenhei o primeiro livro desta série (aqui), que só melhora a cada livro. Neste temos a história de Jane, uma solteirona que adora ler e que, apesar da insistência da mãe para que arranje um marido, tudo o que ela sonha é viver para estudar e frequentar salões intelectuais.

Contudo, Jane não escapa aos eventos onde as melhores amigas estão e assim ela se vê convivendo com o libertino mais famoso e iletrado que existe, o Lorde Garrett Upton. Ele é um solteirão belo e atrevido, um homem que vive de forma despreocupada depois de sobreviver à guerra. Agora que está em Londres, ele tem a intenção de aproveitar tudo o que a vida lhe proporciona e faz isso ao máximo. Assim como nossa querida mocinha, ele não tem desejo algum de se casar.

Garrett não sabia como ela reagiria… parou a pensar, por instantes. A probabilidade de ela se rir das flores era bastante elevada. Porém, Daphne garantira-lhe que todas as senhoras gostavam de flores, até Jane.

Jane e Garrett Upton conhecem-se há vários anos mas, mesmo se encontrando com certa regularidade, não se aturam. Estão sempre a discutir, a teimar com as opiniões opostas, a provocarem-se sempre que há uma brecha. Jane acha que ele é pouco interessado no que realmente vale – o conhecimento. Ela não sabe das surpresas que a vida lhe guarda.

Assim, a mocinha do livro anterior, Cass, vai casar-se e, para que as festividades sejam completas, um baile de máscaras é planejado. Jane tem em mente fazer o que sempre faz, chegar, lá ficar alguns minutos para que seja vista e logo fugir para a biblioteca, que é o lugar onde ela sempre se refugia nesse tipo de evento. Mas, assim que Jane percebe, está vestida lindamente, em uma sala de estar maravilhosa sendo esplendidamente beijada por um também mascarado. E ele não é ninguém menos que o Upton. Mesmo que um não saiba quem é o outro, o destino conspira a favor deles e tudo começa a mudar.

O livro é lindo e cheio de bons momentos, pois tem tudo o que um ótimo romance precisa ter. Em meio a esse casal delicioso, temos uma viúva interesseira, uma mãe desesperada e umas amigas abusadas e casamenteiras. Garrett é maravilhoso, bem educado e simples, com o decorrer da narrativa torna-se um príncipe, mesmo em meio a um passado marcado por dores que ele tenta esconder de forma um tanto peculiar.

Os personagens dos livros anteriores estão muito presentes nesta trama, mas o fato de não ter lido os anteriores não atrapalha a leitura. Melhor seria ler os livros em ordem, mas para quem não puder fazer, aproveita-se bem também.

Enfim, este livro só serviu para me mostrar que essa autora é uma das minhas preferidas e que eu não vejo a hora de ler o próximo volume da série que já ficou encaminhado com esse livro. Os personagens são cativantes, a narrativa rápida e irresistível… Quem puder, aproveite!

Será que ela o amava?
Porque é que não conseguia parar de pensar nisso? No dia anterior, tinham se dado bastante bem. Porém, admitir que não desgostava dele e pedir-lhe que ele admitisse que não desgostava dela estava ainda longe do amor.

Beijinho e até a próxima 😉

Playful Brides:
01. A Duquesa Inesperada;
02. A Condessa Acidental;
03. A Lady Improvável;
04. The Irresistible Rogue;
05. The Untamed Earl;
06. The Legendary Lord.

Outras capas: 



2 comentários

  1. Que lindooooo <3 Nem li e tô surtando kkkkk Amei a capa e se já tinha gostado da resenha anterior, amei essa, acho lindo essa mistura de intelectual com libertino e tenho certeza que essa história é maravilhosa. Amei a resenha Lu, são tantas opções que vc tem mostrado de ótimos romances de época e eu só espero que tenham editoras atentas pra trazê-los pra cá. Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lili, querida, o livro é tão bom que chega a ser precioso kkk Também não entendo o que as editoras estão fazendo que ainda não publicaram esses ai... AFFF. Obrigada! Beijo

      Excluir